sexta-feira, 5 de junho de 2009

tristeza01 Como eu gostava de ter superpoderes, um dom especial e secreto que me fosse útil nestas horas. Como eu gostava de te abraçar nos meus braços e aquecer o teu coração com amor. Como eu gostava de te beijar e sugar de ti toda a amargura, angústia e temor. Como eu gostava de te falar e que as minhas palavras, a minha voz te servissem de consolo e remédio para a tua dor.

Como eu gostava de ser capaz de transferir toda a tua tristeza e juntá-la à minha, para que não sofresses nem mais um segundo, nem mais um fôlego. Como eu gostava de poder transformar tudo isso em coragem e esperança!

Como eu gostava! Oh, meus Deus, como gostava! Mas não posso! Não consigo! Não sei como!

Eu falo-te, mas não sirvo de consolo, eu abraço-te mas o teu coração gela com o desgosto, eu beijo-te e sinto a angústia, a revolta e a dor, darem voltas dentro de ti, da mesma forma como se revolvem dentro de mim.

Mana, minha querida e adorada irmã, carne da minha carne, sangue do meu sangue, eu quero devolver-te o bebé, que prematuramente perdeste, o meu sobrinho ou sobrinha, que ainda antes de nascer já era amado. Quero silenciar esse grito mudo que ecoa na tua alma, quero absorver todo esse negro que se pinta dentro de ti e torná-lo só meu. Eu quero mana, eu quero, juro-te que quero… mas não posso, não consigo, não sei como.

Apenas o tempo pode, mana.  Apenas o tempo sabe!

Somente posso chorar contigo, gritar e revoltar-me e, por fim, carpir.

8 Ideia(s):

Jorge Freitas Soares disse...

Iris.... o que dizer? há coisas na vida para as que não há palavras.

Deixo-te um beijinho

Jorge

crissy disse...

Mesmo longe, mesmo só de longe já me apetece correr para o pé de ti e dar miminhos... Deve ser muito mau para não dizer péssimo a situação "dela" como a referi anteriormente mas a tua não fica muito longe porque sofres a perda e a dor da mana... só posso mandar um sorriso meu envolto em carinho, Tenho muita pena como te disse - não pela descida de rio que isso teremos mais hipóteses de o fazer, não por não te ir conhecer agora porque temos muita possibilidade de o fazer mas sim porque não posso apagar esse momento da tua vida como se apaga um erro quando se escreve, como se apaga um mau post... beijos com muito carinho ...:o(

sussurroserespiros disse...

Conheço essa dor... Estou com vocês.

Saltos Altos Vermelhos disse...

sim, o tempo ajudará!!!

Rosa disse...

:( Que tristeza.

Teia de Textos disse...

Ah! Só os que sofreram da dor da perda para entender teu texto...
Imito Jorge e digo-te que há coisas na vida sobre as quais não há o que dizer...
Beijo-te na alma, querida! :)

Piloto Automatico disse...

Coragem para a Mana e para ti.
Sou um tio muito experiente, há mais de 30 anos, sinto o que sentes, e nem consigo imaginar o que sinta a tua mana...
Bjs
F

Iris R. Costa Barroso disse...

Obrigada a todos, pelas palavras de conforto, obrigada pelo carinho e pela preocupação.

Estou de volta e terão que me aturar de novo.

Um grande Bem Haja a todos, cheio de carinho.

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!