terça-feira, 21 de outubro de 2008

Ela estava a chorar. Não caíam lágrimas, porém ele conseguia vê-las, via-as inundarem o peito da sua amada, a encherem o seu pulmão, a asfixiarem-na de mansinho, a darem um nó na sua garganta, a taparem os seus ouvidos, a matarem-na.
Teve vontade de a beijar, de sorver cada gota daquele líquido límpido e salgado que tanto a angustiva. Teve vontade de a abraçar, de a abraçar com tanta força que a tornaria parte de si, um único ser indivisível, para sempre juntos, para sempre, eternamente, um.
Categories: , ,

5 Ideia(s):

Woody disse...

A imagem perfeita do amor... À falta de outros adjectivos: lindo!

Iris R. Costa Barroso disse...

Acreditas Woody, que um amigo achou que eu estva com uma depressão?!

Como é que se confunde um sentimento profundo, uma cena de amor, com um indício de depressão?

Woody disse...

Não sei... Não percebo onde está o indício de depressão... Só se for pelo sofrimento que está associado ao amor... Amar é sofrer...

No entanto, pelo que interpretei do teu post, o "sofrimento" que descreves serve apenas para sublinhar algo de sublime no amor: a inevitabilidade de querer proteger a outra pessoa, de sofrer com e por ela, de partilhar, de criar "um único ser indivisível"... Isto é o oposto da depressão, eu diria que é a razão de viver...

Mesmo com o sofrimento que está associado ao amor, a possibilidade de partilhar um sentimento como o que descreves é, por si só, uma razão de viver.

Iris R. Costa Barroso disse...

Woody,

Obrigada por existires!

Já começava a pensar que ninguém entendia o que eu queria dizer.

Eunice disse...

sem o saber... contei todos os minutos, segundos das horas neste ano...
sem o saber.... continuo a perceber o quanto te amo....
sem o perceber.... a angustia que existe dentro de mim,
se torna maior, e a vontade de te ver... ja nao cabe dentro de mim.
Ouvir a tua voz, sentir o teu calor num abraço k ja nao existe,
ou num beijo, que ja existiu... eperdeu-se numa jornada... de solidao,
e de escuridao... que e o caminho dentro de mim...
As lagrimas de sangue sao.... porque as de agua secaram,
o sorriso um aparencia de um rosto,
apagado pela solidao
apagado pela dor, de nao te ter,
de nao te ver
de nao .... te beijar....

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!