quinta-feira, 16 de abril de 2009

E quando já não suportava mais aguentar o fôlego, chorei!

Categories: ,

7 Ideia(s):

John Doe disse...

"Notável criatura são os olhos! Admirável instrumento da natureza; prodigioso artifício da Providência! Eles são a primeira origem da culpa; eles a primeira fonte da Graça. São os olhos duas víboras, metidas em duas covas, e que a tentação pôs o veneno, e a contrição a triaga. São duas setas com que o Demónio se arma para nos ferir e perder; e são dois escudos com que Deus depois de feridos nos repara para nos salvar. Todos os sentidos do homem têm um só ofício; só os olhos têm dois. O Ouvido ouve, o Gosto gosta, o Olfacto cheira, o Tacto apalpa, só os olhos têm dois ofícios: Ver e Chorar. Estes serão os dois pólos do nosso discurso.
Ninguém haverá (se tem entendimento) que não deseje saber por que ajuntou a Natureza no mesmo instrumento as lágrimas e a vista; e por que uniu a mesma potência o ofício de chorar, e o de ver? O ver é a acção mais alegre; o chorar a mais triste. Sem ver, como dizia Tobias, não há gosto, porque o sabor de todos os gostos é o ver; pelo contrário, o chorar é o estilado da dor, o sangue da alma, a tinta do coração, o fel da vida, o líquido do sentimento. Por que ajuntou logo a natureza nos mesmos olhos dois efeitos tão contrários, ver e chorar? A razão e a experiência é esta. Ajuntou a Natureza a vista e as lágrimas, porque as lágrimas são consequência da vista; ajuntou a Providência o chorar com o ver, porque o ver é a causa do chorar. Sabeis porque choram os olhos? Porque vêem."

Padre António Vieira, in "Sermões"

Iris R. Costa Barroso disse...

E quando os olhos não vêm, têm direito a chorar também?!

É que por vezes não se vê, mas o sentir, o sentir demasiado, faz com que seja impossível o corpo não querer expulsar parte.

Faz isto sentido?!

John Doe disse...

O mal é que os olhos vêem sempre. Mesmo fechados, mesmo no escuro, os olhos vêem sempre. Porque a imagem faz parte de nós.

Mesmo os que fisicamente não vêem, a mente cria-lhes imagens.

Iris R. Costa Barroso disse...

hummm....

Talvez! Gosto mais de ver sem os olhos, mas se atribuir aos olhos toda a capacidade do ver é essêncial e faz sentido, porque não?! Porque não atribuir aos olhos todo o processo da mente?! Realmente é mais poétio assim e consigo ver o sentido da frase.

Saltos Altos Vermelhos disse...

então???? agora que eu cá venho estás assim? Toca animar se faz favor! "Tristezas não pagam dívidas!" (provérbio) Tudo se resolve!!!

Karlytus disse...

chorar é tao bom.. sentimo-nos mais leves.. limpos.. puros.. chorar faz bem!

contudo é bom n adoptar essa filosofia de vida.. pq rir é bem melhor!! :)

um beijinho e um abracinho..

Iris R. Costa Barroso disse...

Saltos e Karlitus,

Era passageiro, já passou. Veio com a chuva e foi antes dela.

Beijos,

Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!